Psicologia, Psicoterapia Junguiana e Arteterapia

Psicologia Analítica, Arteterapia e Técnicas Expressivas

image30

 

Para a psicologia analítica de Carl Gustav Jung (1875-1961) o inconsciente é uma fonte iluminadora e criativa, com aspectos que influenciam a consciência. Para que esses aspectos possam ser compreendidos, se formam os símbolos, que são a linguagem do inconsciente, a qual se apresenta por meio de sonhos, imagens e até mesmo palavras. O acesso aos aspectos inconscientes é uma fonte rica para a maturidade emocional e psicológica. Esse confronto permite a abertura para o desenvolvimento e ampliação da consciência.

As técnicas expressivas proporcionam para a pessoa um envolvimento com sua vida interna, seus sentimentos, emoções, memórias, histórias e afetos. Isso ocorre porque através de recursos artísticos (tinta, argila, colagem, histórias, etc) os símbolos do inconsciente são expressados e ganham vida externa. A expressão e o diálogo com essas imagens contribuem para que se encontrem novos jeitos de lidar e olhar para o que há em nós e no outro, resignificando a vida e colaborando para o desenvolvimento psicológico e emocional.

 "...o fato de pintar um quadro o liberta de um estado psíquico deplorável, para que ele lance mão desse recurso cada vez mais que seu estado piora. O valor dessa descoberta é inestimável, pois é o primeiro passo para a independência...o paciente pode tornar-se independente em sua criatividade. Ao pintar-se a si mesmo - digamos assim - ele está se plasmando. O que pinta são fantasias ativas - aquilo que está mobilizado dentro de si. Agora há um sentido novo, que antes lhe era desconhecido: seu eu aparece como objeto, como objeto daquilo que está atuando dentro dele."  (Carl Gustav Jung)

As Expressões Criativas podem ser utilizadas em psicoterapia individual para ampliar o contato com determinado tema, assim como em grupos vivenciais. 

Psicoterapia e Análise Junguiana

image31

 

A psicoterapia é um processo realizado através de atendimentos individuais, com o intuito de proporcionar reflexão e novos sentidos às situações vividas. Muitas pessoas procuram um psicólogo em momentos de crise, quando ocorre alguma mudança significativa na vida, ou até mesmo quando decidem que querem mudar algo que os atrapalha. Sentimentos e emoções recorrentes também podem despertar a busca pela psicoterapia.

Esse processo se desenvolve através de sessões semanais em que o psicoterapeuta busca, junto com o paciente, encontrar novos caminhos para lidar com a vida e o que ela desperta. Cada indivíduo carrega e constrói a sua história, considerando o que é singular a cada um, esse caminho vai sendo criado conforme a necessidade de quem o procura. A busca por um processo de psicoterapia faz parte de um investimento em si mesmo.

A psicoterapia pode ser uma necessidade também de crianças e/ou adolescentes. Esses casos podem ser encaminhados pela escola ou pelos pais. Para o atendimento de crianças são utilizados recursos expressivos e brincadeiras (ludoterapia), além disso, é realizada orientação familiar e escolar. O atendimento ao adolescente é realizado em sessões individuais e a orientação familiar ocorre conforme a necessidade do jovem e dos pais. A participação dos pais no atendimento com o adolescente é feita sempre com o seu consentimento, pois ele está em um momento de desenvolvimento de autonomia e construção de identidade.

​Na psicoterapia o paciente deve se envolver com seu movimento interno em busca de uma ampliação da consciência, esse envolvimento pode ser facilitado pelos recursos artísticos. Assim, a arteterapia e as expressões criativas poderão ser utilizadas como recurso nas sessões para atendimentos de crianças, adolescentes, adultos e pessoas na segunda metade da vida, isso poderá ser escolhido de acordo com o processo de cada um. 

Despertar Criativo: Grupo de Estudos, Oficinas e Vivências

image32

 Projeto que tem como proposta principal oferecer oficinas e vivências em grupo para meninas, garotas e mulheres. Durante sua trajetória de 10 anos como psicoterapeuta de orientação junguiana encontrou nos grupos e nas expressões criativas um caminho de descoberta e conexão com a vida e a feminilidade consciente.

Mantendo como cerne o potencial da criatividade, também são feitos grupos com crianças e adolescentes, sendo um deles dedicado àqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social. Além dos atendimentos em psicoterapia individual a crianças, adolescentes e adultos, orientação familiar e escolar.

Através do estudo da feminilidade consciente e da participação em grupos de mulheres percebeu que o compartilhar histórias estimula um trajeto de aprendizado, fortalecimento, despertar de novos sentidos e da vida criativa. Aprofundando essas descobertas alguns trabalhos com grupos de mulheres e expressões criativas foram realizados, os estudos de Marion Woodman e Clarissa Pinkola Estes foram as principais referências.

Copyright © Thalita Arruda. All rights reserved.

 Thalita Arruda  Psicóloga de orientação junguiana especialista em arteterapia e expressões criativas

CRP: 06/89561  (11)9.7202.3016      

A vida criativa se apresenta através de uma linguagem simbólica, o acolhimento das próprias experiências e as expressões criativas são maneiras de dar forma a esses símbolos e revelar algo novo e essencial.  Despertar criativo é um projeto de escuta e descoberta, em que se confia na troca entre as pessoas e na criatividade como uma potência transformadora de vidas, alimento para alma e para o mundo.

“Portanto, é o cozimento de novas coisas, novos rumos, da dedicação à nossa arte e ao nosso trabalho que alimenta a alma selvagem permanentemente. É isso mesmo o que nutre a Velha Mãe Selvagem e lhe dá sustento na nossa psique. Sem o fogo, nossas grandes ideias, nossos pensamentos originais, nossos anseios e desejos continuam crus, e todo o mundo se sente frustrado.” (Clarissa P. Estes, Pg. 127)

Oficinas e Vivências

image33